Chuva e Frio: semana prossegue sob efeito gangorra no clima em diversas regiões do país

  • 20/08/2019
  • 5
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Uma verdadeira  ‘gangorra’ climatológica. É, parece que o clima decidiu brincar de sobe e desce na temperatura, sem a menor parcimônia com quem mora nos estados da região Sul. Depois de um período preocupante de estiagem e um veranico com temperaturas quentes, uma nova frente fria trouxe chuva e uma friaca de bater o queixo neste início de semana. A começar pelo estado gaúcho, que teve mínima abaixo de zero em algumas cidades.

De acordo com os sistemas de meteorologia, a massa de ar frio segue influenciando as condições do tempo no Rio Grande do Sul. As temperaturas seguem baixas, e o sol aparece entre nuvens em várias regiões.

O ar gelado atuará mais no Sul, e as máximas na região não devem passar dos 14°C. Nas regiões Norte e Noroeste, podem passar dos 20°C.

Nesta quarta-feira (21), as temperaturas ficam mais amenas no fim de tarde e noite nos pampas gaúcho. No Paraná, ainda concentram mais nuvens entre parte do sul e do leste. Nas áreas ao leste, ainda são previstas chuvas ocasionais. Ao longo do dia,  a nebulosidade deve variar no setor, com possibilidade do sol aparecer entre nuvens e temperaturas um pouco mais agradáveis à tarde.

Leve o guarda-chuva

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 19 até 27 de agosto, as chuvas mais volumosas caem sobre as extremidades do país, com altos volumes no Norte e baixos a moderados acumulados no Sul e áreas do litoral Leste.

De 27 de agosto até 04 de setembro, a tendência  de tempo chuvoso se espalha pela região Norte do país. Seguem as precipitações fracas a moderadas em áreas do Leste brasileiro. No Sul, as precipitações ficam mais fortes e se concentram no extremo Sul e Leste. A maior parte da região central terá tempo firme.

Ao longo da semana, na capital paranaense, deverá haver pouca amplitude térmica, com mínimas entre 9°C e 10°C e temperaturas máximas entre 12°C e 16°C, permanecendo até quinta-feira (22). A chuva, no entanto, perde força a partir desta terça (20).

Quem é o vilão dessa reviravolta?

A culpa dessa intempestividade toda do clima é do El Niño, fenômeno que esquenta as águas do oceano pacífico, e consequentemente, as temperaturas. Segundo avaliação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com base em dados gerados pelos principais centros meteorológicos internacionais, o inverno deste ano tem chance de mais de 50% de influência do El Niño, que por sua vez deve perdurar até o início da primavera.

Os impactos são variados, considerando a diversidade climática brasileira. Em algumas áreas, o fenômeno produz secas extremas, já em outras, eleva as temperaturas.

No Sul, por exemplo, a expectativa é de chuvas acima da média em grande parte da região, com frentes frias provocando variações de temperatura.  Já para o Centro-Oeste, o clima deve ficar mais seco, com níveis de umidade do ar abaixo de 30% ou até mesmo de 20%.

Segundo publicado pelo Mapa, as previsões para o inverno apontam para chuvas dentro ou abaixo da média em grande parte da região. Massas de ar quente e seco devem levar a temperaturas acima da média, especialmente entre os meses de agosto e setembro.

*Com informações do Canal Rural

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 

Veja Mais
Destaques da Economia Brasileira e Internacional (de 07 a 11/10)
Nutrição de plantas: o que você precisa saber?
Agricultura de Precisão aplicada a cultura do milho
Tensões entre China e EUA se intensificam e acordo de paz entre os países na guerra comercial fica cada vez mais distante
Melhoramento Genético e os desafios na Cadeia Produtiva do Trigo

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo