Destaques da Economia Brasileira e Internacional (de 08/07 a 12/07)

  • 12/07/2019
  • 2
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Economia Brasileira

Como já é de costume, toda sexta-feira a AF News trás um compilado dos destaques da economia no Brasil e Internacional que foram relevantes durante a semana... Confira!

Economia no Brasil

Na semana passada, noticiamos aqui que o a projeção do PIB (Produto Interno Bruto) havia se modificado pela 18ª vez chegando a um percentual de crescimento de 0,85% para 2019. Pois bem, hoje, o Ministério da Economia diminuiu ainda mais este incide passando para 0,81%.

O novo cálculo do PIB se justificou devido a retração esperada para o setor Agropecuário de 0,3%, contra o crescimento de 1,7% obtido no 2º trimestre. A queda de 0,6% na Indústria no primeiro trimestre de 2019 também ajudou a tornar ainda mais pessimista o cenário econômico.

Um assunto bastante pautado nos últimos meses é a reforma da Previdência, que vem trazendo um risco recessivo à economia. Os especialistas do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CDPR) da UFMG que realizaram estudos referentes ao tema, comentam que “caso não ocorra um aumento relevante do investimento privado em resposta à melhora da confiança, a nova Previdência – cujo texto-base foi aprovado nesta quinta-feira – poderia encolher a economia brasileira”.

O estudo do CDPR ainda levantou dados sobre qual seria o impacto quanto a redução dos pagamentos de aposentadorias e pensões em relação a renda das famílias e quanto de efeito teria sobre o PIB. O resultado foi de um percentual de -1% a -2% do PIB no acumulado da década. A pesquisa também abordou que os cortes no sistema previdenciário podem acarretar a piora da desigualdade social entre as famílias, principalmente em relação à renda.

Apesar do índice do PIB só vir diminuindo em 2019, dados levantados pela Boston Consulting Group apontaram que no Brasil a riqueza vem crescendo acima da média global. A pesquisa revelou que a riqueza pessoal dos brasileiros subiu 7% no ano passado, 5% acima do resto do mundo. A estimativa é que até 2023, o ritmo fique mais ajustado ao desempenho mundial, com crescimento acumulado composto da ordem de 6% ao ano. Quanto a taxa de expansão anual para a América Latina, o estimado é de 8% até 2023.

Agronegócio Brasileiro

Em notícia divulgada aqui pela AF News essa semana, o Paraná já colheu 48% do milho safrinha, no entanto, por conta das geadas dos últimos dias, algumas lavouras acabaram sendo atingidas, resultando num total de 17.064 hectares de condição ruim. Porém, é 82% o número de hectares que está em boas condições.

Açúcar, o mercado do derivado da cana-de-açúcar acumulou 2% de queda no início de julho, a queda veio por meio da influência do mercado spot que está com boa oferta do açúcar cristal, porém, a quantidade tende a diminuir, visto que as unidades de processamento seguem intercalando a destinação da cana para a produção maior de etanol.

O plantio de trigo está finalizado em 99% das áreas do Paraná. Após a ocorrência de geadas na semana passada, algumas regiões com a cultura no campo sentiram as mudanças causadas pela interferência climática. Veja mais detalhes aqui.

Mercado Internacional

Acordo UE-Mercosul pode ser sancionado em dois anos. O tratado de livre-comércio entre os blocos econômicos da Europa e Mercosul poderá levar até dois anos para ser ratificado. A previsão foi dada pelo presidente da Câmara de Comércio Brasil-Espanha, José Gasset Loring. O acordo deverá ainda passar pela aprovação do Conselho Europeu, que está prevista para acontecer no último trimestre deste ano. Já a análise do texto pela Eurocâmara, deverá ocorrer em 2020.

Na China, a balança comercial do país, registrou superávit comercial de US$ 50,98 bilhões em junho frente ao valor que fechou em maio de US$ 41,65 bilhões. O resultado em junho apresentou da queda de 7,3% nas importações, em relação ao mesmo período do ano passado. Nas exportações o houve crescimento de 1,3% comparada a mesma época de 2018. Mesmo com melhor resultado do que o mês anterior, o mercado chinês ainda está refletindo seu enfraquecimento por conta da guerra comercial com os Estados Unidos.

Negociadores dos Estados Unidos estão com previsão para fazerem uma visita à China a fim de encontrarem soluções viáveis as duas potências econômicas em relação à guerra comercial que vem se arrastando. Apesar de uma pequena trégua nos últimos dias, onde os EUA conseguiu voltar a operar com a China em algumas commodities agrícolas, o conflito ainda está longe de acabar.

 Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Paraná dá “salto qualitativo” na produção agropecuária com medida que suspende a vacinação do rebanho contra a febre aftosa, afirma governador
Drone deve integrar diversas plataformas para ampliar e melhorar uso na agricultura
Feijão – Balanço Semanal: Preços permanecem pressionados por conta da redução na demanda e oferta aquecida
Importação: volume de cereais com entrada pelo Porto de Paranaguá cresce 31% nos primeiros nove meses do ano
Contém glúten? Variedade de trigo melhorado geneticamente pode ser a solução para celíacos

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo