Agricultura de Precisão: Citricultura de precisão, saiba como a tecnologia pode otimizar os resultados na produção de laranja

  • 10/07/2019
  • 3
  • Categoria(s): Mercado de laranja |

Agricultura de Precisão na Laranja

Agricultura de precisão na laranja ajuda na redução de custos com a aplicação de menos fertilizantes e defensívos agrícolas nas áreas de cultivo, saiba mais no conteúdo à seguir...

Diretrizes da Agricultura de Precisão

A Agricultura de Precisão (AP) surgiu com a premissa fundamental de considerar que o desempenho das culturas nos campos de produção não são uniformes, ou seja, a “variabilidade espacial” como é assim chamada são os fatores que ocasionam manchas de solo, ocorrência de doenças, pragas ou plantas daninhas em locais isolados da lavoura, onde muitas vezes não se consegue enxergar sem o auxílio de uma visão aérea ou mapeamento da produtividade por área como a AF News já apresentou aqui.

Deste modo, considerando então a presença dessas variações, a agricultura de precisão propõe que as aplicações de insumos sejam direcionadas de acordo com a demanda específica do local, ao invés de serem empregadas uniformemente como é feito na agricultura convencional.

Deste modo, Colaço & Molin dizem que “essa prática conhecida como taxa variável de aplicação vêm do uso de tecnologias de posicionamento, automação e eletrônica embarcada, de doses de insumos que são ajustadas automaticamente de acordo com um mapa de recomendação ou as leituras de sensores em tempo real. O objetivo principal é o uso racional de insumos, promovendo tanto ganhos econômicos quanto ambientais”.

Desenvolvimento da Agricultura de Precisão na Citricultura

Desde os anos 2000, o Laboratório da Agricultura de Precisão (LAP), localizado na Esalq em Piracicaba/SP, tem contribuído para o desenvolvimento da agricultura de precisão na cultura da laranja, podendo atingir demais cultivos no setor da citricultura.

A implantação do sistema de AP começou com a implantação de áreas experimentais de laranja, englobando desde o levantamento de mapas de fertilidade e produtividade até a adubação em taxa variável.

Variabilidade espacial em pomares citrícolas

A agricultura de precisão surgiu e se desenvolveu em culturas extensivas de grãos, como soja, milho e trigo (veja mais sobre essas culturas aqui). Para que fosse aplicada também nos citros, o LAP precisou desenvolver um método de mapeamento de produtividade em um talhão comercial de laranja, visando avalizar a variabilidade espacial da produtividade.

Como no caso da laranja, as propriedades são menores, com talhões ou quadras em torno de 25 hectares, inicialmente houve-se uma dificuldade para aplicar a agricultura de precisão ao citros visto que na maioria as operações na cultura não são mecanizadas, dificultando a elaboração de um método de mapeamento da produtividade.

No entanto, os pesquisadores da Esalq se basearam num monitoramento através do georreferenciamento dos sacolões utilizados na colheita da laranja. “Ao longo dela, os colhedores colocam as frutas em sacolões ou big bags, dispostos próximos às arvores colhidas. Antes do seu descarregamento em caminhões, a posição geográfica de cada sacolão é registrada por meio de um receptor GPS” diz Colaço & Molin.

Com o processamento dos dados, a produtividade é mapeada a partir da densidade de sacolões nas diferentes porções do pomar. A avaliação da produtividade se dá da seguinte forma: onde existe maior concentração de sacolões, maior é a produtividade. A eficiência do sistema revela as variações da produtividade com exatidão e, além do método ser de baixo custo, é simples e de fácil adaptação às operações da colheita.

Com os resultados de produtividade obtidos por área, é possível guiar aplicações de fertilizantes e defensivos agrícolas em doses variadas, sendo que locais de alta produtividade demandam maior reposição de nutrientes.

Ao longo de alguns anos de pesquisa, a produtividade de diversos pomares de laranja foi mapeada pelo Laboratório de Agricultura de Precisão da Esalq. A conclusão foi que pomares de diferentes variedades e idades apresentaram grande variabilidade espacial da produtividade, fatores de solo ou doenças foram as principais influências.

Resultados da pesquisa

Como já visto, a primeira etapa da agricultura de precisão para a laranja, foi a análise do potencial da tecnologia para a cultura, se esse monitoramento teria ou não relevância. Na segunda etapa do experimento, o manejo localizado foi avaliado num projeto de longa duração. Nesta nova etapa, foram realizados comparativos quanto a taxa variável de aplicações de fertilizantes e corretivos contra o manejo convencional de aplicação em taxa fixa.

O delineamento das avaliações foi medido em: produtividade, fertilidade do solo e nutrição das plantas que decorreu ao longo de cinco safras. Conforme citado pelos pesquisadores, as aplicações em taxas de variáveis foram guiadas por mapas de recomendação na cultura da laranja, baseados em mapas de produtividade e fertilidade do solo.

Nas áreas experimentais em que a pesquisa foi implementada, de modo geral as aplicações variadas geraram reduções no uso de nitrogênio e potássio na ordem de 30 a 40%. Pouca variação foi observada na produtividade, mas em algumas ocasiões, houve aumento de 10%.

O que se conseguiu concluir é que mesmo com a redução nas aplicações de fertilizantes, a nutrição das plantas não foi prejudicada. Na fertilidade do solo, foi possível equilibrar o nível de nutrientes, reduzindo áreas com nível baixo ou excessivo de potássio e saturação por bases.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo