Integração Lavoura-Pecuária aumenta a produtividade e beneficia qualidade do solo

  • 26/06/2019
  • 3
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Integração Lavoura-Pecuária. BeefPoint

Um estudo recente promovido pela Rede ILPF (Integração Lavoura-Pecuária e Floresta) da Embrapa, apresentou um dado interessante de que se todas as áreas de lavoura do Brasil fossem integradas no sistema de ILPF, o país necessitaria somente de 4,44% do total de hectares de áreas cultivadas mantendo a mesma produção agropecuária atual...

Entre os dados apresentados, está um estudo de uma lavoura no município de São Miguel das Missões, com compara dois tipos de cultivo na produção de soja: O sistema com integração e o outro sem integração. O resultado obtido foi a produtividade de 49 sacas de soja por hectare no sistema sem integração, já no sistema com pastejo moderado, o volume obtido na mesma área foi de 76 sacas por hectare. Segundo um dos pesquisadores “A pecuária traz estabilidade para o sistema”.

 Como a Integração Lavoura-Pecuária funciona efetivamente?

O conceito da Integração Lavoura-Pecuária (ILP) dado pela Embrapa Pecuária Sudeste – Rede ILPF é de que o sistema usa uma estratégia de produção sustentável, integrando atividades agrícolas e pecuárias, realizadas na mesma área, em cultivo consorciado, em sucessão ou rotacionado. O ILP busca efeitos sinergéticos integrando as duas atividades de forma a potencializar os resultados, entre as diretrizes do sistema está a adequação ambiental, a valorização do homem e a viabilidade econômica.

Entre os benefícios da ILP está a intensificação da produção e otimização do uso de insumos na propriedade. Com o cultivo consorciado, é possível obter ganhos no incremento da produtividade vegetal utilizando os sistemas conservacionistas de ILP e Plantio Direto. O pesquisador Emerson Borghi (Embrapa Milho e Sorgo) diz que "A produção vegetal por milímetro de chuva aumenta e é possível ter forragem de qualidade disponível na época de escassez de alimentos para os animais", afirma o pesquisador.

 Cuidados no manejo da pastagem prolongam a sua duração e preservam a qualidade

Entre os cuidados para a implantação do sistema de Integração Lavoura-Pecuária está o investimento inicial em sementes de qualidade e no cultivo adequado das forragens, visto que uma pastagem bem formada pode durar vários anos mantendo qualidade e rendimento.

Outra coisa essencial é o manejo ao longo do tempo, os tratos culturais como adubação, cuidado com o momento de entrada e saída do gado do pasto conforme a altura do capim e, verificando sempre sinais como o crescimento de touceiras ou plantas invasoras nas áreas, evitando assim a possibilidade de degradação da pastagem.

Para auxiliar o produtor a Embrapa disponibiliza um aplicativo chamado Pasto Certo, uma ferramenta que auxilia na tomada de decisão para a escolha da forragem adequada. Para que o aplicativo seja efetivo, é necessário definir o material que será cultivado de acordo com as características de solo, clima e investimento disponível.

 Resultados já “colhidos”

Para pecuaristas que já adotaram o Sistema ILP há algum tempo os resultados já estão sendo visualizados. Em uma fazenda no município de Abaeté-MG, o dono da propriedade conta que implantou o sistema há aproximadamente três anos e que durante este período houve um aumento de quase 100% na produção de leite.

Segundo o pecuarista, os problemas que ele mais enfrentava antes de adotar o ILP era a deterioração da pastagem e que por falta de conhecimento, não tinha motivação para buscar ajuda de assistência técnica. No entanto, com apoio da Embrapa, Emater, da Cooperativa de Abaeté e Sicoob Credioeste, após implantar o Sistema de ILP a produção de leite diária saltou de 450 litros/dia para 900 litros de leite por dia em uma área de 75 hectares e 65 vacas.

 Visão de Futuro para a ILP

A Embrapa vem atuando na região concedendo cursos e assistência técnica para que mais produtores possam aderir ao sistema. De acordo com um dos agrônomos que atua no setor de Transferências de Tecnologias da Embrapa Milho e Sorgo "O objetivo do projeto é ser a ponte da pesquisa com o campo. Ou seja, permitir que os conhecimentos gerados pela Embrapa possam ser usados pelos produtores a cada ano”.

Outro objeto é de estimular o uso de boas práticas agrícolas, principalmente implementadas nas forrageiras para o rebanho leiteiro. Além de adequar aos produtores que já praticam a ILP, auxiliando com orientações e uso de tecnologias para que o manejo seja realizado de forma correta resultando no aumento da lucratividade, conservação do solo e produtividade.

Faça seu cadastro agora e acompanhe as análises de mercado de trigo, milho, soja, laranja, café, cana de açúcar, algodão, arroz e derivados. Você terá acesso gratuito por 7 dias. Após este período, poderá acessar ainda GRATUITAMENTE, nossas matérias abertas; agroindústria, logística, carnes, conjuntura de grãos e conjuntura econômica. É rápido e descomplicado. Um pé no campo e outro nos negócios. Basta clicar aqui.

Conteúdo baseado nos dados de pesquisa apresentados pela Embrapa.





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo